FRIULI  COLLI ORIENTALI

 

Um lugar com história tão antiga quanto a Europa, pois habitada desde a idade da pedra (ou seja, há 40 mil anos), assim poderia ser definida inicialmente Friuli, umas das 20 regiões que dividem a Itália e que está situada no extremo nordeste do país. Fazendo fronteira com a Áustria e a Eslovênia, Friuli conserva grandes influências culturais dos povos eslavos e germânicos, e é ainda banhada pelo mar Adriático, o que lhe dá um charme e beleza todo especiais.

Friuli é uma das regiões com maior tradição vinícola da Itália, onde a vitivinicultura tem mais de 3 mil anos de história.

História

Por estar em um território comum a diversos povos e nações, Friuli esteve aberta a trocas culturais, econômicas e sociais desde o Império Romano, quando a cidade de Aquileia, fundada a 181 ac, servia de capital da região. Ao longo dos séculos, Friuli passou pelo comando dos povos lombardo, austríaco e eslavo, tornou-se um território completamente veneziano (italiano) somente em 1420, mas disputas sobre o comando desta região se estenderam até a Segunda Guerra Mundial.

A capital atual de Friuli é Trieste, um importante centro cultural e econômico até o século XIX, cuja localização privilegiada de seu porto fazia da cidade um local de negociações comerciais entre países de todo o mediterrâneo. Além de tudo, Trieste era um porto de entrada para produtos vindos do Oriente.

Friuli é também conhecida como Venezia Giulia.

Vinicultura

A história da vinicultura em Friuli é bastante antiga. A introdução de castas diversas na região foi facilitada pelo trânsito intenso de povos no mar mediterrâneo. 

A partir dos anos de 1970, a região começou a se especializar na produção de castas brancas. O sucesso internacional da Pinot Grigio alavancou essa produção que atualmente é notável e se estendeu também para as tintas.

O cultivo de uvas nativas garante o prestígio da região no mercado internacional.  

A Friulano é a mais cultivada em Friuli, uma casta da família da Sauvignon Blanc, que resulta vinhos delicados, elegantes e com muito aroma.

Regiões e clima

A maior parte dos vinhedos de Friuli estão localizados na sua metade sul, onde se destacam as regiões de Collio Goriziano, Colli Orientali del Friuli, Isonzo e Carso – é de lá que saem os principais, mais elegantes e caros vinhos de Friuli. Existem ainda regiões menores cujos vinhos são mais leves e menos elegantes como Annia, Aquileia, Sepultura e Latisana na parte central e ocidental da região.

A produção de vinhos de Friuli tem sua qualidade massivamente controlada por denominações regulamentadas. Há 11 áreas DOC (Denominação de Origem Controlada), cerca de 62% do total da produção vinícola do país. 3 áreas são DOCG (Denominação de Origem Controlada e Garantida) e 3 áreas IGT (Indicação de Geográfica Típica).

O clima de Friuli em geral varia entre dias muito quentes e noites frias, que ajudam a manter um equilíbrio de acidez e açúcar na uva, além de permitirem seu amadurecimento longo e lento.

Fonte: clube dos vinhos

Escritório Brasil

+55 41 3593 7420